Feliz Dia Dos Ex Namorados

    

   
   Você me pediu em namoro na noite do dia dos namorados. Nunca liguei para essa data sem sentido nenhum, qual o sentido do dia dos namorados? Sempre disse que cada casal tinha sua própria data, o que tornava tudo mais significativo, especial e exclusivo. Enfim, essa data ficou marcada afinal, mas por você. Talvez eu não lembrasse do dia certo se o dia dos namorados não fizesse me lembrar. Exatamente um ano depois, te encontrei pelo acaso e resolvi te dizer que mesmo sem você eu ficava feliz por essa data e que gostava de guardá-la. Você ficou se achando o esperto por ter escolhido tal data para manter-se na minha cabeça. E eu fiz questão de te lembrar que se fez algo especial é porque eu é quem era especial. Você me convidou para seu jogo de ego, mas esse jogo eu já conhecia há muito tempo, e você sabe que eu te conhecia muito mais do que você mesmo. Eu não ia comprar essa briga. Não me interessava mais gastar minha energia quando eu já tinha feito minhas malas há muito tempo. Confesso que ainda não tinha trancado a porta. Você queria discussão e eu vi uma ótima oportunidade para trancá-la de vez. Você me xingava numa tentativa de xingar suas próprias frustrações com você. Você me deu a oportunidade de realizar o que no fundo eu sempre quis: te ter como indiferente. É, não tenho orgulho nenhum de dizer isso, sempre tentei manter algum nível de afeto para que não houvesse rancor, e até que todo meu trabalho foi bem feito, porque eu de verdade não tenho raiva de você. Mas talvez eu quisesse mesmo é ter nada. Talvez eu quisesse mesmo esse sentimento de vazio quando penso em você. Não que eu seja melhor ou pior que você, porque não tem como se comparar a alguém que não significa nada do que um passado. Um passado qualquer. Cinza. Olha, desculpa, eu fiz de tudo para que você ficasse como você desejava, lembrança boa. Mas parece que você não fez nada para que isso fosse assim. No final, você quis jogar e eu parei de lutar contra seu jogo só para ficar certinha, dessa vez eu entrei. E amor, eu soube jogar. Eu soube jogar porque vingança para mim eu ofereço com nada mais do que a sinceridade e com minhas qualidades. Eu soube jogar, porque diferente de você eu escolhi ser indiferente, eu escolhi não sentir nada. Eu escolhi não me envolver numa briga que era você com você mesmo, porque eu já tinha ido embora há muito tempo, e a Menina da sua cabeça, com quem pensava jogar, não existia mais. No final a gente jogava o mesmo jogo, mas o meu tabuleiro já era outro. Te agradeço por dar-me a oportunidade de mudar, porque se não fosse sua tentativa de me diminuir, me desvalorizar e me tornar só mais uma louca da sua vida eu não ia, agora, querer tanto não perder tempo em um tabuleiro já empoeirado, me fazendo andar, finalmente, para onde eu queria. Foi Game Over para você. 
      Você se tornou indiferente pra mim quando não quis mais seus problemas. Quando brigar não era mais problema meu. Quando o que você pensa sobre mim não me diz mais nada, porque você não mais me conhece. Quando seus xingamentos não me afetam porque eu só lamento pelo que você faz com você mesmo. Quando eu tenho a consciência limpa de que o erro não foi meu. Que eu não fui nada menos do que eu sempre quis ser: amor. Que eu te entreguei uma rosa, recebi pedra, mas você mirou numa Menina que não existe mais. E para quem queria tanto que o meu dia dos namorados ficasse marcado por você, eu sinto muito, e eu nem se quer tive o trabalho de apagar você, você fez isso por mim e fez muito bem. Eu desisti de você. Eu cansei de você. E talvez seja o sentimento mais desumano que eu já tive por alguém, mas talvez seja o que você se fez merecer. E eu não tenho nada a ver com o que você escolhe receber. E finalmente, aceitei te dar o que quer receber. Nada. Não te desejo mal e acho ridículo ex que precisa brigar para ver quem é melhor. Também não vou desmentir a Menina que lutou por você, a Menina que se jogou, que fez tudo para te melhorar, que sentiu muito e que sofreu. Nem vou dizer que você não evoluiu e nem que não mudou. Mas hoje, você é só uma pessoa por aí que não me importo de encontrar nem de desencontrar. Você é só uma pessoa que marcou meu passado muito bem, mas que quero ser marcada com tão mais... você é só uma pessoa que eu avisei tanto sobre valores, mas vazio, vai se encontrar na minha falta. Eu tentei. Mas só é ajudado quem quer ser. Hoje, o dia dos namorados é só um dia comercial em que as pessoas escolhem se dar carinho, hoje é só um dia em que é, você até me pediu em namoro, mas e daí?! "E daí?!" é a melhor expressão que eu tenho para tudo que me lembra você. Já dizia a música The Lumineers "o oposto de amor é a indiferença." E hoje até pode ser um dia de algum meu ex namoro. Mas, e daí?! - Luísa Monte Real 

Comentários

Textos mais queridos 🍒

Milésimo Primeiro

A minha fala, a sua escuta

Três anos em três dias

Dormir e acordar no nada