Pesquisar

Confuso? Talvez, com certeza.

    

    Se eu tivesse que dar uma entrevista sobre você e me perguntassem qual a melhor parte de se apaixonar pelo seu melhor amigo, eu diria que é a transparência. Po, melhor amigo é aquela pessoa sabe? Ah cara, você sabe, não dá pra explicar, aquela parceria que faz brilhar os olhos de ter conquistado. Melhor amigo é aquele que te entende mesmo sem entender nada, te acha a pessoa mais maluca e ao mesmo tempo a mais incrível. Ele te deseja o melhor do melhor que o mundo possa te oferecer e só quer o seu sorriso. O orgulho não passa por cima da preocupação de te ver mal. Amizade para mim é tudo, e a sua nunca foi diferente nem será. Pessoas que se amam, que se cuidam somando mais um tipo de amor. Não é fácil se apaixonar quando se tem um nível de intimidade o qual um não tem nojo de nada do outro, não tem vergonha, não tem mistério. Uma vez que acredito que a paixão vem do encanto, se apaixonar pelo real, pelo que se tem dentro e não só pelas aparências é muito mais sincero, e menos chances de ser decepcionante do que se apaixonar por um desconhecido. Ao mesmo tempo que não há surpresas é surpreendente. A certeza de que o respeito e o cuidado vão estar sempre presentes. Poder falar besteiras e coisas sem sentidos, não ter que fazer esforço pra impressionar, não ter inconveniências, ser você e só você, porque ele se apaixonou por você mesmo conhecendo todas as suas manias, chatices, bobeiras, piadas sem graças, te aguentando desde sempre naqueles dias ou você quando ele arrota muito alto e você continua achando nojento, mas não consegue não rir e acha-lo engraçado, e ainda por cima nem de longe tira todo aquele charminho que de uma hora pra outra você encontrou nele. Ver o seu melhor amigo não exatamente com outros olhos, mas com um olhar mais profundo, um olhar não só de cuidado e admiração como antes, mas de desejo. Querer fazer todo dia ele se surpreender por ter se apaixonado pela pessoa que ele menos esperava e ver que ele causa as mesmas surpresas em você... Gostar de alguém que já combinava tão bem com você mesmo tendo todos os gostos trocados, pensamentos opostos. Gostar de alguém que sempre esteve ali por você em todas as horas e era para quem você sempre corria para se aconchegar quando as coisas não estavam boas. Gostar da pessoa que só quer te ver bem e a sua felicidade é motivo de sorrisos e calmaria no peito dela. Se apaixonar por alguém que já se ama há tempos não tem preço, porque no amor já não tem timidez,  não tem medo de não agradar. Gostar da pessoa que te mostrou toda a alma dela e você a sua, todo o ser compartilhado um com o outro. Gostar de alguém e poder falar dela com ela mesma, afinal ela foi sempre a pessoa que soube de todos os seus rolos, sem medo de "estar falando demais", "rápido demais", "tá falando isso só pra me conquistar?".  Gostar de alguém que te faz questionar se você mesmo não a conhece melhor do que você se conhece e do que ela se conhece (Confuso? Talvez, com certeza). Desejar de uma hora pra outra que os abraços dela se transformem em beijos. De repente chamar e falar de "amor" não é tão casual assim e até dá aquele conforto e alegria no peito. De repente dizer "te amo" toda hora não explica metade das borboletas que dançam pelo corpo. De repente a gente fica todo idiota e descobre lados carinhosos um no outro e em si mesmo que nem sabíamos que existiam e que não temos vergonha alguma de demonstrar. De repente eu paro e penso "mas é meu melhor amigo". E afinal, tem coisa melhor do que aquelas que a gente ri e pensa que nunca aconteceriam? Tem coisa melhor do que se apaixonar pela pessoa que já estava na lista de preferências? Tem coisa melhor do que gostar e a pessoa ser sua melhor amiga, a melhor versão de você mesmo? 

Textos mais queridos 🍒