Postagens

Mostrando postagens de 2016

Pedacinhos do meu lar

Imagem
Uma vez eu te falei que não me sentia muito em casa, aquela coisa de "lar", morando no Rio. Por mais que eu amasse muito, é difícil morar em um lugar onde você não foi tão bem-vinda assim por ser paulista, e a primeira impressão me fez querer fugir dali. Difícil também, desconstruir essa imagem de "férias" que essa cidade tem para mim, era como se eu fosse voltar para algum lugar, algum dia... mas não sabia onde nem quando, porque minha infância toda mudei de cidade em cidade, e não sabia ao certo qual era meu lar. Se me perguntassem, não me sentia perto dos cariocas nem perto dos paulistas. Talvez meu lar fosse em um lugar em que eu nunca morei, mas onde eu sempre fui para visitar o resto da família. Ah, acho que também não... E então, quando te expliquei tudo isso, você me fez uma pergunta tão simples, mas que apontava para a resposta certa: "Eu faço você se sentir em casa?". Eu demorei a responder por alguns minutos porque nunca tinha parado para pensa…

Decepções na sua porta 2.0

Imagem
E entre vindas e partidas, Você disse vem... E lá estava eu de novo Eu que tinha jurado que meu amor, Você perdeu. Você me prometeu uma cama, Um sofá, uma tartaruga e um cachorrinho Prometeu até me fazer gostar de gatos Prometeu cozinhar estrogonofe pra mim Prometeu cuidar das minhas cólicas Prometeu enxugar minhas lágrimas Você prometeu me acordar Todos os dias, com beijos antes da faculdade. Você me prometeu uma casinha pequena, Para dois e bem apertadinha Você me prometeu séries e filmes todas as noites Prometeu viagens nos feriados Prometeu sorrisos e provocações Prometeu ser meu lar Você me prometeu amor Prometeu me fazer a mulher mais feliz do mundo. Então eu aceitei. Te dei mais uma chance Percorri toda aquela calçada mais uma vez Dei "oi" pro seu porteiro,já cansado de me ver tantas vezes ali... Te esperando. Entrei. Te abracei. Me alegrei. Despertei. Um dia, cheguei. A fechadura já não era a mesma. Você a trocou. E eu esperei no corredor. A luz acen…

15 passos

Imagem
Eu só queria que eu ainda pudesse ser seu colo. Que você corresse pra mim pedindo pela calmaria que eu te dava. Que você deitasse aqui nos meus palitinhos que chamo de perna e eu entrelaçasse meus dedos em seu cabelo fazendo um carinho bem gostoso. Que você me ligasse chorando e jurando que nenhuma lágrima havia caído. Que você estivesse explodindo de raiva e eu te fizesse dar aquela risada tão gostosa. Eu queria, eu juro que ainda queria ser esse seu encosto. Dói-me pensar que você está por ai se sentindo perdido e sem amparo. Mas como você mesmo vivia me dizendo, as coisas não acontecem só porque a gente quer. E é por isso que eu tive que ir. Ei, não fica assim não, promete?! É pro seu bem, eu juro juradinho. Não, minhas palavras nunca foram falsas, sempre te disse que queria você por perto mesmo que fosse só nas lembranças, sempre te disse que meu amor por você não deixaria de existir e sim, ficaria guardado em uma gavetinha. Mantenho minhas palavras e infelizmente, chegou a hor…

Confuso? Talvez, com certeza.

Imagem
Se eu tivesse que dar uma entrevista sobre você e me perguntassem qual a melhor parte de se apaixonar pelo seu melhor amigo, eu diria que é a transparência. Po, melhor amigo é aquela pessoa sabe? Ah cara, você sabe, não dá pra explicar, aquela parceria que faz brilhar os olhos de ter conquistado. Melhor amigo é aquele que te entende mesmo sem entender nada, te acha a pessoa mais maluca e ao mesmo tempo a mais incrível. Ele te deseja o melhor do melhor que o mundo possa te oferecer e só quer o seu sorriso. O orgulho não passa por cima da preocupação de te ver mal. Amizade para mim é tudo, e a sua nunca foi diferente nem será. Pessoas que se amam, que se cuidam somando mais um tipo de amor. Não é fácil se apaixonar quando se tem um nível de intimidade o qual um não tem nojo de nada do outro, não tem vergonha, não tem mistério. Uma vez que acredito que a paixão vem do encanto, se apaixonar pelo real, pelo que se tem dentro e não só pelas aparências é muito mais sincero, e menos chan…

Lar doce mar

Imagem
Eu nunca entendi meu amor pelo mar. Não que amor desse para entender, mas tudo bem... Sei lá, o mar é tão o mar... É aquela coisa que não para nunca. Já pensou nisso?! Mesmo aqueles mares sem ondas, sempre tem uma corrente, um movimento. E se for falar de onda, já pensou que a mesma onda nunca foi repetida?! Nunca é o mesmo tamanho, nunca são as mesmas moléculas juntas, nunca a mesma forma, sempre diferente. E a cor do mar?! Muda o tempo todo, uma hora é verde, outra azul e às vezes até mesmo marrom meio mate. O mar é essa coisa única que não para nem se repete. Ele dá a sensação de estar sempre limpando tudo que está por dentro dele, dá a sensação de liberdade por não conseguirmos ver seu final. Dá aquele cheirinho gostoso e refresca até a alma. Ficar olhando o mar me dá uma calma, uma paz... Quando estou triste gosto de chorar olhando para ele, parece que ele vai lavar minhas lágrimas, parece que de certa forma ele me dá essa sensação de que tudo passa e se renova, sempre. O mar é u…

É porque sou carente de você

Imagem
Nunca gostei de garoto muito grude, que quer minha atenção demais, romântico demais, carente demais, apaixonado demais,bonitinho demais... Não conseguia ficar mais de um mês com a mesma pessoa, nossa enjoava demais... Sempre reclamavam como eu era "grossa", "fria", "não dá carinho", "não é melosa", "só dá patada", era amiga, legal, divertida, bonita, mas amorosa e carinhosa? Nunca, era impressionante. E olha que eu tentava e chegava a pensar que estava fazendo esforço demais. É que é aquela minha coisa né? Sou sincera e transparente demais, não sei fingir o que não sinto. E ai veio você e de repente você era "grude demais", "romântico demais", "carente demais", "apaixonado demais", "bonitinho demais". E ai veio você e de repente eu era "bonitinha", eu era "engraçadinha", "carinhosa", "grude", eu era "linda". Pera, o que? Você está rea…

Seu reflexo sobre mim

Imagem
E todo mundo ama meus textos sobre você... Não sei a diferença. Para mim, escrevo todos os textos com o mesmo intuito: me expressar, tornar meus sentimentos e pensamentos vivos e dá-los a possibilidade de viajar e ser de outros. Talvez seja porque ainda exista essa ideia romantizada do amor de casal que o povo adora. Não sei, mas é uma dúvida que me vem toda vez que posto algo sobre você. Talvez você seja a maior inspiração da minha vida até agora. Não sei, mas os textos sobre você sempre tem mais visualizações. Talvez o meu sentimento por você seja tão forte, transparente e verdadeiro que eu passo toda essa sensação em minhas palavras e quem lê consegue senti-las. Não sei, mas também são meus textos favoritos. Talvez as pessoas consigam sofrer uma melhor catarse com os textos sobre você, porque o amor é universal e gostamos de nos colocar dentro dos romances, e os outros textos são mais particulares.  Não sei, mas a forma como me alivia te escrever é indescritível. Talvez seja po…

Duas crianças brincando de amar

Imagem
Tudo começou meio assim, meio que só de brincadeira, só para se experimentar, só para ser impulsiva uma vez, só para ser criança de novo e fazer as coisas sem pensar, só para tentar algo diferente depois de anos de amizade, só para matar a vontade que veio do nada ou que talvez sempre esteve ali e ninguém viu ou eu não vi, aposto mais nessa última opção, mas tanto faz agora... Tudo começou meio assim só para ver no que ia dar, meio que só para fazer minha vontade uma vez na vida sem pensar nas consequências, sem medos, meio assim sem ligar que era errado, na verdade a gente nem achou errado no começo, meio que só para sair da mesmice, meio que só pra ver se eu fugia um pouco de mim e das minhas regras, meio que só para me libertar. E então a brincadeira começava com um pouco de pé atrás, um pouco engraçada, meio esquisita, meio "a gente vai brincar mesmo ou...?". Sem perceber a gente nem reparava que era ainda uma brincadeira, sem perceber a gente se mostrava um mundo…

Amor encantado

Imagem
Sempre vivi em um conto de fadas, confesso. Sou aquela menina clichê que ama rosa, fã de Disney e até meio patricinha que odiava os garotos na infância. Dama e o vagabundo. Cinderela. Bela adormecida. Bela e a Fera.  Romeu e Julieta. E todo tipo de filme americano de amores impossíveis que no fundo a gente sabe que nunca vai acontecer, por favor. Será?! Sempre me perguntei até que ponto a vida inspirava o filme ou o contrário. Por outro lado, sempre fui aquela garota diferente, com uma educação mais reforçada, não tinha pais separados e minha mãe não trabalhava, eu realmente gostava de estudar quando criança e era bem disciplinada, eu era aquela garota chata que apontava o amiguinho que tava me irritando pra professora, era aquela que perguntava na aula sem medo de parecer nerd, minhas notas sempre importaram assim como minha futura carreira. Eu era uma mistura de futilidade com caráter. Sempre muito sonhadora e ao mesmo tempo racional. Sinceramente, eu sempre quis um romance des…

Milésimo Primeiro

Imagem
Queria te escrever em mil livros só para deixar registrado todos os teus detalhes que despertam o meu melhor, o meu sorriso, o meu riso, o meu prazer. Queria te escrever em mil livros pra tentar te explicar o que vi e senti por você. Mil livros pra explicar que é você e só você. Explicar essa vontade particular que tenho, é o seu toque, seu beijo, seu cheiro, sua voz, seu olhar, seu abraço. É uma tempestade de sentimentos e sensações. É a tranquilidade de uma brisa com a turbulência de um furacão. É a calma na alma e o fogo que me sobe até o pescoço. É a loucura e a bobeira. Então vem aqui, chega mais perto amor, para eu te falar bem no pé do teu ouvido o quanto você me faz feliz enquanto você brinca com meus cachos. Vem aqui, dá aquela risada gostosa e aquele sorriso que eu gosto enquanto eu contorno seu rosto com meus dedos. Vem aqui, faz aquele risoto que você gosta pra dispensar meu desastre na cozinha. Vem cá, deita comigo e não esquece de apagar a luz da sala. Vem aqui, fixa…

Espontânea

Imagem
Ela nunca gostou de nada que a prendesse. Desde pequena sempre nervosinha, teimosa, com fome de independência e de querer ser grande pra ter liberdade... Se é que algum dia se conquista a tal. Ela nunca gostou de obrigações, se é pra fazer que faça com vontade, se não nem venha. Quanto mais natural, espontâneo e sincero for, melhor. Ela não gosta de enrolação. Ela sempre gostou de cartas na mesa e transparência no olhar. Ela gosta da empatia pra tentar ser justa e acabar entendendo um pouco mais sobre si mesma. Ela não cobra encontrar nos outros aquilo que ela é, se for pra ser, que ela seja pronto acabou. Muito menos aquilo que ela não é. Ela sempre gostou de ser a protagonista ou a antagonista da sua própria história, de levar a responsabilidade de ela mesma ter o papel de ser e não ser o que bem entender, ter a responsabilidade de acertar e errar. Ela não espera nada dos outros nem dela mesma, porque esperar é querer parar, é querer estabilizar, é querer controlar. E ai ai ai, …

Sinto muito, mas...

Imagem
É porque no final do dia a gente não escolhe por quem vai se apaixonar. E boa parte de mim não queria ter se apaixonado por você e creio que nem você por mim. No final do dia, eu só queria ter me apaixonado por alguém que fosse exatamente como você, mas que não tivesse aquele "mas", aquele simples "mas" que parecia um grão, mas que você fazia questão em não assoprar e deixar pra trás, era tão pequeno, mas que como todo "mas" gerava o paradoxo que criava o famoso "uma coisa ou outra". No final do dia, você só queria ter seus 19 anos pra sempre e se engessar no seu "eu" como se já tivesse 80 e não houvesse mais tempo para ser diferente, ou até houvesse mas sabia que não tinha mais chance. Você não se dava essa chance e consequentemente, tirava a minha chance. No final do dia, você me fazia aflorar o melhor de mim e eu o seu quase melhor não fosse aquele "mas". No final do dia, eu só queria você, você só me queria, mas... &q…

Um drama ou dois

Tem vezes que é assim, tudo dá errado. Não, errado, não... Mas tudo meio assim do jeito que a gente não queria, que desperta um aperto no coração, que desperta a nossa vulnerabilidade, que desperta um desespero... Uma notícia surpresa a cada instante. Mas não uma surpresa boa, uma surpresa assustadora. Não estamos esperando nada, felizes, e de repente "AH!" notícias ruins berram na nossa cara. Uma pancada. Ok, tudo bem, já chorei, vamos tentar não ser dramáticos, vamos olhar positivamente. Outra pancada, ok eu posso dar mais uma chorada agora. Outra e outra... E não param! É como uma bola de neve mesmo, dores e estresses pequenos, mas que juntos formam um grande buraco em mim. Não sou azarada, acontece com todo mundo! Ai, a tentativa de ter pensamentos positivos não dá mais certo. Ai, ser realista e racional não sustentam mais. Ai, de repente me faz bem desabar, me faz bem não ignorar uma dor que existe, me faz bem o drama de colocar tudo pra fora. Mas certifico-me de q…